ÁREAS DE ATUAÇÃO – FARMÁCIA MAGISTRAL

Também conhecida como farmácia de manipulação, a farmácia magistral é um estabelecimento de saúde que manipula fórmulas na dosagem certa para cada caso clínico, atendendo a diversas especialidades. A manipulação de medicamentos consiste na ação de manufaturar de forma individualizada uma forma farmacêutica, preparada de acordo com a necessidade do paciente. Sendo esta, uma das principais vantagens da manipulação de medicamentos, o tratamento personalizado.   

          Dessa forma, é possível unir fórmulas, subtrair substâncias de caráter alergênico, potencializar efeitos e diminuir a automedicação, pois a quantidade de medicamento será adequada ao tratamento. Além disso, reduz desperdícios, podendo também representar uma opção economicamente mais viável.

          São manipulados nas farmácias magistrais uma infinidade de medicamentos alopáticos, fitoterápicos, medicamentos homeopáticos e dermocosméticos. As RDC 67/07 e RDC 87/08, são as resoluções da ANVISA que dispõem sobre as Boas Práticas de Manipulação em Farmácias, conjunto de medidas que visam assegurar que os produtos sejam consistentemente manipulados e controlados com padrões de qualidade apropriados.

          O Farmacêutico magistral é o profissional responsável por implementar um sistema de qualidade adequado para o cumprimento dessas normas vigentes. Ele também deve avaliar as prescrições, supervisionar todo o processo de manipulação, qualificar fornecedores, participar de estudos de farmacovigilância, promover atividades de treinamento operacional, executar auto inspeções periódicas, controlar toda documentação e prestar atenção farmacêutica, a fim de garantir a qualidade do medicamento manipulado, promovendo o seu uso seguro e racional.

Rolar para cima