Durante todo o dia de ontem (31) a sede do Conselho Regional de Farmácia do Estado do Maranhão recebeu a Junta Diretiva, Conselheiros Regionais e Conselheiro Federal para a primeira Reunião Plenária Ordinária do ano de 2018. O presidente do CRF-MA, Dr. Amílson Álvares deu inicio a reunião plenária com o hino do farmacêutico, e logo após conduziu para aprovação a ata da última reunião plenária de 2017.

Nos informes da diretoria e conselheiros estavam presentes os diretores, Dr. Amílson Álvares, Dr. Carlos Sena e Dr. Bráulio Sousa, os conselheiros regionais, Dr. Luiz Mário Silveira, Dr. Carlos Toledo, Dr. Eliabe Aguiar, Dr. Fabrício Torres, Dr. Fábio Nascimento, Dra. Kallyne Bezerra e Dr. Ronaldo Aquino e o conselheiro federal, Dr. Marcelo Rosa, além de farmacêuticos, acadêmicos, diretores e representantes do Sindicato dos Farmacêuticos do Estado do Maranhão e ainda colaboradores do CRF-MA. Os conselheiros fizeram suas comunicações agradeceram pela presença de todos os presentes na plenária. O conselheiro regional, Dr. Carlos Toledo parabenizou todos os farmacêuticos pela comemoração do último dia 20, dia do Farmacêutico. E acrescentou sobre o credenciamento do MEC; lamentável o posicionamento do MEC em relação à abertura de cursos da área da saúde em EaD”.

O conselheiro federal, Dr. Marcelo Rosa em sua fala disse “É uma satisfação e honra estar aqui nesta plenária, agradecer aos fiscais desta casa e todos os colaboradores, pois aqui foi o início da minha vida profissional, como farmacêutico fiscal e tenho apreço por muitos que aqui estão” enfatizou. Acrescentou também que o trabalho como conselheiro já está sendo desempenhado, com visita em associações de farmacêuticos e participação em colações de grau, além de outras participações de eventos farmacêuticos.

Após os informes da diretoria e conselheiros, foi dada pelo plenário a posse ao Conselheiro Regional Suplente, Dr. Edson Abreu Belfort, que fez o seu juramento perante a diretoria e todos os presentes. Em sequência a diretoria deu ciência às portarias e as deliberações foram submetidas a aprovação do plenário, sendo todas aprovadas por unanimidade.

Em continuidade a pauta houve a votação da Comissão de Tomadas de Contas de 2018, sendo eleitos os conselheiros, Dr. Carlos Toledo, Dr. Fabrício Torres, Dr. Eliabe Aguiar e como suplente da comissão o conselheiro, Dr. Luiz Mário Silveira. Também foi aprovado o calendário das reuniões plenárias de 2018. E para finalizar os pontos de pauta foi discutida com fiscais, conselheiros, jurídico e junta a assistência farmacêutica nos municípios do Maranhão.

 

 

 

 

 

 

 

Uma conquista importante e há muito esperada pela categoria marcou as comemorações pelo Dia do Farmacêutico, 20 de janeiro, nesta quarta-feira, dia 24. Em solenidade realizada na sede do Conselho Federal de Farmácia (CFF), em Brasília, em que foi condecorado com a Ordem do Mérito Farmacêutico Internacional no Grau Grã-Cruz, o ministro da Saúde, Ricardo Barros, anunciou uma série de medidas que contemplam os farmacêuticos (veja abaixo). A principal é o reconhecimento deste profissional como integrante da equipe diretamente responsável pelo atendimento aos usuários do Sistema Único de Saúde (SUS).

A medida foi viabilizada por meio da atualização da antiga Tabela de Procedimentos SIA/SUS, hoje denominada de Tabela de Procedimentos, Medicamentos e OPM do SUS, com a inserção de 49 novos códigos. OPM é a sigla para Órteses, Próteses e Materiais Especiais. Os farmacêuticos foram inseridos no grupo de profissionais da saúde elencados para a realização de alguns grupos de procedimentos remunerados pelo sistema, que contemplam ações de promoção e prevenção em saúde.

O presidente do CFF, Walter da Silva Jorge João, destacou a honra de ter, pela primeira vez na história da profissão farmacêutica, a presença de um ministro da Saúde na sede do conselho. “Ainda mais por ser, o senhor ministro, o portador do anúncio de uma medida tão esperada pela categoria farmacêutica e o Conselho Federal de Farmácia”, observou.

Ele lembrou que a inserção na antiga Tabela SIA/SUS viabiliza os códigos que faltavam para a completa valorização dos farmacêuticos como profissionais do cuidado à saúde, em todos os âmbitos. “Obtivemos a atualização da Classificação Brasileira de Ocupações (CBO), ampliando de 2 para 8 as ocupações e de 19 para 117 as especialidades; conquistamos os códigos da Classificação Nacional de Atividades Econômicas, CNAE, e agora, temos a codificação que nos torna profissionais da saúde prestadores de serviços para o SUS”, ressalta. Walter Jorge João lembrou, no entanto, que o maior ganho é para os usuários do SUS, que terão no farmacêutico mais um aliado para o sucesso de seu tratamentos.

As outras medidas anunciadas foram o repasse de R$ 22 milhões visando à expansão do Qualifar para mais 844 municípios e os lançamentos do Manual de Assistência Farmacêutica em Pediatria e dos projetos de Extensão em Fitoterapia e de Cuidados Farmacêuticos na Atenção Básica. "Este último terá início em São Paulo, Bahia, e Distrito Federal, beneficiando pacientes portadores de hepatite e artrite reumatóide, com orientações e acompanhamento sobre o uso racional de medicamentos", explicou o ministro. Ricardo Barros lembrou que o Ministério incluiu novos fármacos no tratamento de pacientes com hepatite tipo C e, a partir de acordo com os fornecedores, passou a pagar pela cura da doença e não mais pelos medicamentos.

Também foi apresentado um balanço sobre os avanços do programa Farmácia Popular e dos 600 dias de gestão do ministro Ricardo Barros. Segundo o Ministério da Saúde, foi possível realocar R$4,6 bilhões para o custeio de mais serviços do SUS. A adoção de medidas para tornar a administração mais eficiente representou para o cidadão, a ampliação do atendimento, inclusive no que diz respeito ao acesso a medicamentos. Estas iniciativas são o resultado de discussões que contaram com a colaboração do CFF e destacam o papel do farmacêutico como profissional comprometido com o fortalecimento do SUS.

Participaram da solenidade o diretor do Departamento de Assistência Farmacêutica do Ministério da Saúde, Renato Teixeira, o presidente do Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde, Mauro Junqueira, o presidente do Conselho Nacional de Secretários de Saúde, Michele Caputo Neto, e o secretário de Ciência, Tecnologia e Insumos Estratégicos, Marco Fireman.

Entenda os avanços

A medida reforça o papel do farmacêutico no cuidado à saúde e representa o reconhecimento, por parte do Ministério, das atribuições clínicas do farmacêutico regulamentadas pelo conselho. “Ela nos torna grandes aliados no desenvolvimento de estratégias para, não apenas reduzir custos com a assistência à saúde, mas melhorar a qualidade do atendimento prestado aos usuários do SUS”, diz.

Com as mudanças, os farmacêuticos da rede pública passam a gerar receita para os estados e os municípios onde trabalham, a partir da realização de procedimentos que já executam em sua rotina diária. Entre estes estão alguns procedimentos que, embora inseridos no escopo de atuação farmacêutica, eram remunerados apenas quando executados por um grupo específico de profissionais.

Essa era uma reivindicação antiga dos farmacêuticos, e também do conselho, protagonista nas negociações para que ela fosse viabilizada. “Os colegas que integram as equipes das unidades de saúde pública realizavam os procedimentos, mas o trabalho não tinha visibilidade nem para os gestores e nem para o Ministério da Saúde. Não havia códigos disponíveis para que o atendimento fosse devidamente registrado em nome do farmacêutico responsável por ele.”

Outro resultado esperado é a ampliação da capacidade de atendimento aos usuários do SUS, na medida em que o farmacêutico reforçará as equipes envolvidas no atendimento direto ao paciente. “Com a produtividade do farmacêutico reconhecida pelo Ministério da Saúde, sua contratação passa a ser vista pelo gestor como investimento e não mais como simples ônus ou obrigação legal”, reforça o presidente do CFF.

Walter da Silva Jorge João lembra que, atuando na gestão, o farmacêutico, indiretamente, já proporcionava receita à rede onde estava inserido, pois racionalizava gastos com medicamentos e otimizava aquisições, além de garantir uma manutenção adequada dos estoques, evitando perdas e desperdícios. “Ocorre que isso nem sempre é enxergado pelo gestor. Agora, ele será mais notado, pois passa a proporcionar também receita com a realização de procedimentos.”

 

Fonte: Comunicação do CFF

Sexta, 26 Janeiro 2018 17:30

CRF-MA realizará 1ª Reunião Plenária de 2018

Escrito por
No dia 31 de janeiro, a Junta Diretiva do Conselho Regional de Farmácia do Estado do Maranhão e Conselheiros Regionais, reúnem-se para a 1ª Reunião Plenária Ordinária, a partir das 09h30, na sede do Conselho, em São Luís.
 
A Plenária é a instância máxima de decisões do CRF-MA. Formam o plenário, a Diretoria e os Conselheiros (09 Conselheiros Regionais Efetivos e 03 Conselheiro Regional Suplente).
 
Podem participam das discussões, sem direito a voto, farmacêuticos em geral e representantes de entidades, além dos farmacêuticos que fazem parte do quadro de colaboradores do CRF-MA. É uma oportunidade para todo farmacêutico acompanhar seus representantes eleitos quanto ao seu comprometimento e atuação.
Sexta, 26 Janeiro 2018 12:45

Comunicado: restabelecimento de energia elétrica

Escrito por


O Conselho Regional de Farmácia do Estado do Maranhão- CRF-MA, comunica que já está restabelecido o fornecimento de energia elétrica na Sede do Conselho, portanto os atendimentos de protocolo, telefonia e whatsapp estão normalizados para Sede e Seccionais.

A Diretoria.

Quinta, 25 Janeiro 2018 17:01

Comunicado

Escrito por

 Informamos que a sede do Conselho Regional de Farmácia do Estado do Maranhão- CRF-MA, está sem fornecimento de energia elétrica, devido as fortes chuvas de ontem (24) e hoje (25), por isso estamos temporariamente sem funcionamento dos atendimentos de protocolo e telefonia (a central usa a corrente elétrica). 

A Diretoria.

Inovações visam favorecer o público farmacêutico

Para expandir e facilitar o atendimento direto entre o público farmacêutico e o Conselho Regional de Farmácia do Estado do Maranhão, será disponibilizado o novo suporte, via aplicativo Whatsapp, assim os profissionais que procuram a entidade terão mais agilidade em resolver suas demandas.

De acordo com o diretor secretário geral, Dr. Carlos André Oeiras Sena, o objetivo principal do aplicativo whatsapp é ter um atendimento rápido e prático. “É mais uma ferramenta de comunicação do Conselho Regional de Farmácia do Maranhão para os farmacêuticos e para os estabelecimentos farmacêuticos, estamos iniciando esse projeto piloto de atendimento para intensificar a comunicação do CRF-MA com os que procuram atendimento. Atualmente já atendemos solicitações e dúvidas via e-mail e telefone, agora vamos agregar esta ferramenta para melhorar a comunicação. Vale ressaltar que o número não funcionará com ligações e/ou mensagens de áudio, somente trocas de mensagens  de texto, para dúvidas e informações rápidas para os profissionais e estabelecimentos farmacêuticos do Maranhão” destaca, Dr. Carlos Sena.

O serviço do WhatsApp poderá ser utilizado através do número (98) 98457-8600 e funcionará de segunda a sexta-feira, das 09h00 às 17h00.

 

A Diretoria.

 

Por hora, duas pessoas se intoxicam com medicamentos no Brasil devido a problemas como a automedicação, segundo dados extraídos das estatísticas do SINITOX - Sistema Nacional de Informações Tóxico-Farmacológicas (para acessar, clique aqui).

A automedicação é um hábito entre os brasileiros, sendo praticada com indicação de leigos e, cada vez mais, da internet. O combate esse mau hábito e o incentivo à busca de informações sobre medicamentos em fontes seguras, entre as quais o farmacêutico, são o foco da campanha do Conselho Federal de Farmácia (CFF) e conselhos regionais pelo Dia do Farmacêutico, 20 de janeiro.

“Nós, farmacêuticos, temos um papel estratégico e fundamental na prevenção dessa prática perigosa”, alerta o presidente do CFF, Walter da Silva Jorge João. Por isso, desde 2012, os conselhos têm trabalhado por um contato cada vez maior dos farmacêuticos com a população. Mudanças na regulamentação profissional e na legislação ampliaram a prática do cuidado à saúde nas farmácias, que são obrigadas a contar com o farmacêutico durante todo o seu período de funcionamento. “Estamos à disposição para contribuir”, frisa, destacando, também, a recente liberação pela Anvisa, da aplicação de vacinas nesses estabelecimentos.

A orientação da campanha promovida pelos conselhos é não usar medicamentos sem orientação profissional e consultar sempre o farmacêutico. A iniciativa visa, também, colaborar com a meta da Organização Pan-Americana da Saúde/Organização Mundial da Saúde (OPAS/OMS) em seu desafio global, de reduzir em 50% os danos graves e evitáveis provocados pelo mau uso dos medicamentos nos próximos cinco anos. Segundo a OPAS/OMS, os erros de medicação causam pelo menos uma morte todos os dias e prejudicam aproximadamente 1,3 milhões de pessoas, anualmente, apenas nos Estados Unidos. Os números são semelhantes nos países desenvolvidos e em desenvolvimento, como o Brasil.

Prevenir erros relacionados ao uso de medicamentos, além de salvar vidas, evita uma enorme e desnecessária pressão sobre os orçamentos de saúde. Levantamento recente feito pelo farmacêutico Gabriel Freitas, da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), indica que o Sistema Único de Saúde (SUS) gasta R$ 60 bilhões por ano para tratar consequências negativas do uso de medicamentos no Brasil. A cada real gasto no fornecimento, o governo gasta cinco reais para tratar morbidades relacionadas a medicamentos. E metade dos casos seriam evitados com uma supervisão mais cuidadosa e efetiva do uso destes, segundo o pesquisador.

A campanha está sendo realizada por meio de anúncios em jornais e revistas impressos, banners para internet e outdoors, spot para rádio e um filme de 30 segundos para TV (ASSISTA AQUI), salas de cinema e redes sociais. Incluiu, ainda, uma ação intitulada “Farmacêuticos Fakes”, na qual pessoas comuns e populares nas redes sociais postaram em seus perfis pedidos de informações sobre medicamentos. O resultado está sendo divulgado em vídeo (ASSISTA AQUI), mostrando a enorme quantidade de dicas dadas por amigos e familiares pelas redes sociais e a importância de evitar a automedicação.

 

 

Com informações CFF.

Sexta, 12 Janeiro 2018 19:49

COMUNICADO - ANUIDADE 2018

Escrito por

Atenção Farmacêuticos!

 

O Conselho Regional de Farmácia do Estado do Maranhão comunica que o Banco do Brasil já regularizou seus serviços e a emissão dos boletos das anuidades de pessoa física e jurídica estão disponíveis no site do CRF-MA. Clique Aqui!

 

- Desconto de 15% até 31/01/2018;

- Desconto de 10% até 28/02/2018;

- De 01/03/2018 até 31/03 - Valor integral;

- Após 31 de março de 2018, multa de 20% e juros de 12% ao ano, nos termos do artigo 22 da Lei Federal, nº 3.820/60.

 

Devido ao problema relacionado aos serviços bancários que impediam a emissão dos boletos, informamos que estes serão enviados via correio para os endereços cadastrados no sistema.

Observamos também que é possível realizar o parcelamento em até 6 vezes do valor integral, desde que solicitado em Janeiro e com o vencimento da 1ª parcela neste mesmo mês, esses só poderão ser efetivados na Sede do CRF-MA em São Luís e Seccionais Imperatriz e Balsas.

 

Para mais informações o mesmo poderá fazer através dos emails: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. , secretaria@crfma.org.br , O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.  ou por telefone: 098 2107-3850 ou (98) 2107-3851(Sede São Luís) ou (99)3221-8989 (Seccional Imperatriz) ou 0993541-3891(Seccional Balsas), após o comando de parcelamento poderão ser impressas nos site através da opção Atualização Cadastral/Boleto Online.

 

Terça, 09 Janeiro 2018 19:23

COMUNICADO

Escrito por

Atenção Farmacêuticos,

 

O Conselho Regional de Farmácia do Estado do Maranhão informa que devido aos problemas técnicos bancários do Banco do Brasil, está impedido de emitir os boletos, logo as providências já estão sendo tomadas, e assim que os boletos estiverem disponíveis serão enviados via correio para os endereços cadastrados no sistema.

 
A Junta Diretiva do Conselho Regional de Farmácia do Estado do Maranhão (CRF-MA) em obediência ao disposto na Portaria nº 7 do Conselho Federal de Farmácia, de 4 de janeiro de 2018 (DOU de 05/01/2018, Seção2, pág.49) abre as inscrições para as funções públicas de diretores do Conselho Regional de Farmácia do Estado do Maranhão, referente ao biênio 2018/2019, no período de 8 a 12 de janeiro de 2018. As inscrições serão encerradas às 17h, do dia 12 de janeiro de 2018. Clique aqui para Edital.
 
Todos os farmacêuticos do Maranhão estão convocados para as novas eleições do Conselho Regional de Farmácia do Estado do Maranhão (CRF-MA). O voto é obrigatório e será feito exclusivamente pela internet. As eleições ocorrerão durante 48 (quarenta e oito) horas ininterruptas, a partir de 12h (meio dia), horário local, do dia 27 de março às 12h (meio dia) horário local, do dia 29 de março, exclusivamente pela internet, no endereço ou sítio eletrônico . Quem não votar poderá ser multado, como prevê a Lei 3.820/60 e as disposições da Resolução n° 604 de outubro de 2014.
 
Para quem não tiver acesso à internet, o CRF-MA vai disponibilizar um equipamento com acesso à rede, na sede do Conselho e seccionais, no período das eleições, durante seu horário de funcionamento. Caso o farmacêutico não vote na data especificada, é facultada a justificativa online, por meio do próprio sistema, na forma e prazo do Regulamento Eleitoral em vigor.
 
Leia na íntegra:
 
 
 

 

Pagina 8 de 38

Eventos e Cursos

       1-simposio-de-farmacia-hospitalar

Sede CRFMA

Rua Faveiros, Quadra. B, número 7 - São Francisco São Luís - MA CEP:65076-140.

Fone:
(+55 98) 2107-3850/2107-3851
Fax:(+55 98) 2107-3852

Atendimento ao público:
Segunda à sexta das 9h às 17h.

Seccional Imperatriz

Rua Alagoas, nº 516, Centro de Imperatriz.

Fone/Fax:
(+55 99) 3221-8981 e 3221-8989

Atendimento ao público: 
Segunda à sexta 8h às 12h e das 14h às 18h.

Seccional Balsas

Av. Catulo, n. 170 Equatorial Shopping Center, 2º Piso - Sala 17, Balsas-MA CEP: 65800-000.

Fone:
(+55 99) 3541 3891

Atendimento ao público: 
Segunda à sexta das 14h às 18h.

Twitter Twitter

 

Facebook Facebook

 

RSS RSS

 

YouTube YouTube