A automedicação é a principal causa de intoxicação no Brasil, respondendo por um terço de todos os casos registrados pelo Sistema Nacional de Informações Toxicológicas (Sinitox). Isso equivale dizer que, por hora, três brasileiros se intoxicam com medicamentos. 

Mais de 50% de todos os medicamentos são incorretamente prescritos, dispensados e vendidos; e mais da metade dos pacientes que os utilizam o fazem incorretamente. ​

Por isso, na manhã de hoje, 05 de maio, dia nacional pelo uso racional de medicamentos, o Conselho Regional do Estado do Maranhão (CRF- MA) em parceira com Conselho Federal de Farmácia (CFF) participou do Desafio Global para a Segurança do Paciente no Uso de Medicamentos lançado no dia 29 de março pela OMS. A meta é reduzir em 50% os danos graves e evitáveis associados a medicamentos, nos próximos cinco anos. 

A ação fez parte da programação nacional pelo “Dia Nacional do Uso Racional de Medicamentos” que aconteceu na Praça Deodoro, em São Luís, e em Imperatriz a ação aconteceu na Secretaria Municipal de Saúde e na FACIMP|DeVry com ciclo de palestras e orientações de conscientização.

O CRF-MA mobilizou farmacêuticos e acadêmicos de farmácia de várias instituições de ensino superior da capital, na prestação de serviços de aferição da pressão arterial, verificação da glicemia e abordagens em via pública sobre a importância do uso de medicamentos sob a prescrição e orientação do profissional habilitado.

De acordo com a presidente do CRF-MA, Dra. Maria José Luna, a ação alcançou o seu objetivo, que foi levar para a população a conscientização do uso racional do medicamento. “É importante fazer ações que levam informações mais esclarecedoras para a população e poder fazer essa conscientização em contato direto nos mostra o quanto as pessoas usam medicamento erroneamente. Fiquei muito feliz em ver e poder contar com os farmacêuticos docentes e os acadêmicos das Faculdades Pitágoras, Maurício de Nassau, Florence, da Universidade Federal do Maranhão (UFMA), da Universidade CEUMA, e em Imperatriz da FACIMP|DeVry que estiveram engajados atendendo e orientando a população”.

 “É de extrema relevância poder participar junto com a comunidade acadêmica de São Luís dessa ação de mobilização ao uso racional de medicamentos. Hoje estamos aqui para mostrar a função do farmacêutico, que é orientar e cuidar do bem estar da saúde do paciente. Também viemos alertar a população que o uso errado de medicamento pode ser um problema no futuro”, afirmou o acadêmico do 7º período do curso de Farmácia da Faculdade Pitágoras, Nilson Bezerra.

Para Elaine Cristina, promotora de vendas, a ação foi muito esclarecedora, pois ela afirmou que realiza a ingestão de medicamentos para o estômago “Sei que é errado fazer isso, mas quando a gente precisa não tem como ficar sem tomar o remédio, hoje já tive orientação de como proceder e aprendi que o farmacêutico é habilitado para isso”, relatou.

“Hoje estamos na Praça Deodoro conscientizando a população sobre o uso racional de medicamentos, esses que não podem ser ingeridos de qualquer forma, necessita sempre de orientação do profissional farmacêutico que vai fazer a dispensação correta dos medicamentos para que o tratamento seja satisfatório, pois não é adequado tomar medicamento sem orientação, podendo se tornar prejudicial à saúde”, declarou o acadêmico do 6º período da Faculdade Pitágoras, Ângelo Pereira Martins.

O Conselho Regional de Farmácia do Estado do Maranhão (CRF-MA), o Conselho Federal de Farmácia (CFF) e a Ordem dos Advogados do Brasil no Maranhão (OAB/MA) realizarão no dia 10 de maio de 2017, das 8h30 às 17h, na sede da OAB/MA, o Workshop sobre a Judicialização na Saúde - Ações de planejamento e gestão sistêmicos com foco na saúde, visando a redução da judicialização com objetivo de estabelecer estratégias para auxiliar o Estado e os Municípios a diminuírem o número de ações judiciais na saúde, através da gestão sistêmica das redes de trabalho. 

Na ocasião será ofertado uma mostra dos trabalhos realizados em outros estados da federação, aproximar e formar redes de cooperação entre os operadores do direito e operadores da saúde no estado, propiciar o intercâmbio entre as instituições do sistema de justiça e do sistema de saúde do estado, desenvolver ações de planejamento e gestão sistêmicos com foco na saúde, visando a redução da judicialização. As inscrições são gratuitas e podem ser feitas no local do evento. Os certificados para os participantes será enviado por e-mail.

PROGRAMAÇÃO:

8H30 – MESA DE ABERTURA

CFF, CRF-MA, OAB-MA, TJ-MA, DEFENSORIA PÚBLICA – MA, PGJ/MP-MA, SES-MA

9H ÀS 10H – PAINEL I – COMITÊ EXECUTIVO DO RS – MOSTRA DO SISTEMA DE JUSTIÇA Desembargador – RS – MARTIN SCHULZE – Coordenador do Comitê Executivo da Saúde do RS.

Ações, estrutura e realizações do Comitê Executivo Estadual do RS do Fórum Nacional do Judiciário para a Saúde do CNJ. Ação de Planejamento e de gestão Sistêmicos com Foco na Saúde.

10H ÀS 11H – PAINEL II – COMITÊ EXECUTIVO DO RS – MOSTRA DE SISTEMA DE SAÚDE FARMACÊUTICO – CRF-SP

Estruturação da Assistência Farmacêutica, Núcleos de Apoio Técnico aos Magistrados, Farmacêuticos na Defensoria Pública, Rede Nacional de parecer Técnicos.

11H ÀS 12H – PAINEL III – MOSTRA DO ESTADO DO MARANHÃO

Juiz da 7ª Vara da Fazenda Pública do MA – Dr. João Santana Souza – Coordenador do Comitê Executivo do MA

Ações, estrutura e realizações do Comitê Executivo Estadual do MA do Fórum Nacional do Judiciário para a Saúde do CNJ.

12h – INTERVALO

14h às 16hMESA DE DEBATES

Moderador: Dr. Thiago Diaz – Presidente da OAB-MA

Dr. João Santana Souza – Coordenador do Comitê Executivo do MA

Desembargador Marin Schulze – Coordenador do Comitê Executivo do RS

Dra. Maria José Luna dos Santos da Silva – Presidente do CRF-MA

Dra. Isabel Cristina Araújo Souza – Defensoria Pública do MA

Dra. Sílvia Raimunda Costa Leite – Secretaria de Saúde do MA

Dr. Herberth Costa Figueiredo – Promotoria Especializada em Saúde (MP-MA)

O Conselho Regional do Estado do Maranhão (CRF- MA) em parceira com Conselho Federal de Farmácia (CFF) realizará no dia, 5 de maio, mobilização pelo Uso Racional de Medicamento na Praça Deodoro (em frente à Biblioteca Benedito Leite) em São Luís. A ação faz parte da programação em alusão ao dia nacional pelo Uso Racional de Medicamento.

A entidade conclama os farmacêuticos e demais profissionais da saúde para aderirem à ação e conscientização pelo uso racional de medicamentos. Na ocasião os farmacêuticos e acadêmicos dos cursos de Farmácia da Capital irão orientar os cidadãos sobre o uso correto, seguro e racional de medicamentos. O CRF-MA irá oferecer serviços como: aferição da pressão arterial, dosar glicemia capilar e avaliar pacientes que estejam em uso de medicamentos e/ou tratamentos em andamento. Ações semelhantes serão desenvolvidas nos estados, pelos demais conselhos regionais.

 

Durante os dias 20, 21 e 22 de abril foi realizado o III Simpósio Sul Maranhense de Ciências Farmacêuticas em Imperatriz – MA que recebeu palestrantes renomados de diversas áreas da saúde.

A palestra magna no dia (20) foi proferida pelo presidente do Conselho Federal de Farmácia, Dr. Walter da Silva Jorge João, com o tema: "Consultório Farmacêutico - Perspectivas e Realidades", o assunto foi bastante discutido entre profissionais e acadêmicos.

“Foi um prazer imensurável poder mostrar aos demais colegas farmacêuticos de Imperatriz, presentes à palestra magna, que a nova realidade da Farmácia brasileira também já se materializou aqui. Parabéns à Diretoria do CRF-MA em nome da presidente Dr. Maria José Luna, ao conselheiro federal Dr. Fernando Bacelar, com iniciativas como a deste simpósio, estão disseminando o nosso sonho de ver o farmacêutico ocupando o seu lugar como profissional da saúde. E preciso frisar que eles têm feito isso com louvor, ao realizar um evento acessível, com a ajuda de uma tradutora de libras, todos os presentes puderam acompanhar a solenidade e a palestra” frisou o presidente do CFF, Dr. Walter Jorge João.

"Espero que durante os três dias, acadêmicos e profissionais farmacêuticos possam vivenciar conhecimento e disseminar experiências. Que o simpósio possa acrescentar na vida farmacêutica de cada um que participa deste momento de aprendizado. A diretoria do CRF-MA tem a honra de ter esse evento consagrado pela classe farmacêutica, e assim deixamos nosso muito obrigado por todos os participantes presentes de Imperatriz, São Luís, Pará, Tocantins, São Paulo e demais estados por prestigiar profissionais tão gabaritados, agradecemos também aos profissionais que vieram abrilhantar este momento. Durante os três dias iremos realizar um evento acessível com interprete de Libras e assim todos acompanharão o evento que só cresce no sul do Maranhão" destacou a presidente do CRF-MA, Dra. Maria José Luna.

No segundo dia de evento o III Simpósio recebeu pela manhã o Prof. Dr. Raimundo Antônio Gomes (MA) que dialogou sobre o tema: Anemias e Diagnóstico Diferencial e em seguida com o tema “Atuação Clínica do Farmacêutico em Homeopatia” a Dra. Margarete Akemi (SP) iniciou sua conferência e interagiu de forma bem descontraída com os participantes. Para fechar a manhã do segundo dia Dra. Camila Arguelo Biberg (MA) palestrou sobre “O antibiograma no laboratório de microbiologia clínica”.

A tarde foi realizada uma mesa redonda com a mediadora, a farmacêutica, Dra. Kallyne Bezerra (MA) e demais membros, a integrante da comissão cientifica Dra. Ana Paula Araújo (MA) e a convidada Dra. Margarete Akemi (SP), o tema central da mesa redonda foi “Fitoterapia e práticas integrativas e complementares”, nesse momento os acadêmicos participaram com questionamentos e também foi o momento para elucidar dúvidas em relação fitoterapia que vem crescendo e se destacando na ciência farmacêutica.

“Falar em fitoterapia é sempre um desafio, mas graças às pesquisas feitas nós só estamos crescendo e queremos mostrar que os fitoterápicos são medicamentos tanto quanto os industrializados” ressaltou a Dra. Kallyne Bezerra.

O minicurso de "Cuidados e serviços farmacêuticos a portadores de diabetes" foi outro momento de muita interação dos participantes, a Dra. Elizangela Motta mostrou na teoria e na prática os cuidados que devem ser prestados aos pacientes portadores de diabetes.

Para fechar o segundo dia foi feita a exposição de trabalhos científicos em banner que aconteceu ao final das palestras e minicursos, cada autor expôs seus trabalhos para que fossem avaliados pelos profissionais presentes.

O terceiro dia de Simpósio começou com a mesa redonda que evidenciou o tema “Segmento farmacoterapêutico e saúde baseado em evidências (perspectiva da drogaria e farmácia hospitalar)” com o mediador Dr. Luiz Mário Silveira (MA), Dra. Ana Cristina Lo Prete (SP) e o Dr. Marcos Diego Pereira (MA) que juntos esclareceram e também foi bastante debatido pelos participantes do simpósio.

Na continuidade de palestras da manhã a Dra. Ana Cristina Lo Prete (SP) ministrou palestra sobre “Raciocínio Clínico para prescrição farmacêutica e serviços farmacêuticos”.

A tarde começou com a entrega da premiação feita pelos diretores do CRF-MA, Dr. Edson Belfort e Dr. Luiz Mário aos autores dos trabalhos expostos, o primeiro lugar foi para a acadêmica Fúvia Alves Ribeiro do curso de Farmácia da Faculdade Florence de Ensino Superior, o segundo lugar foi para a acadêmica Dhávilla Caroline da Silva de Melo do curso de Farmácia da Faculdade Florence de Ensino Superior, e o terceiro lugar foi para o acadêmico Gabriel Ribeiro Borgneth do curso de Farmácia da Faculdade Florence de Ensino Superior cada acadêmico terá inscrição para o Congresso Maranhense de Ciências Farmacêuticas.

À tarde, a Dra. Nássara Mesquita (GO) e o Dr. Higor Guerim (PR) palestraram palestra sobre “Técnicas estéticas eficientes aos tratamentos de emagrecimento e gordura localizada”. Em seguida os dois profissionais realizaram o minicurso “Cuidados e serviços farmacêuticos na estética” O assunto foi destaque e de grande interesse dos participantes que interagiram com os palestrantes e tiraram dúvidas sobre o assunto em destacado.

O Conselho Regional de Farmácia do Estado do Maranhão realizou na noite de ontem (20) a solenidade de abertura do III Simpósio Sul Maranhense de Ciências Farmacêuticas em Imperatriz – MA. Participaram da solenidade abertura os diretores do CRF-MA, Dra. Maria José Luna, Dr. Edson Belfort e Dr. Luiz Mário da Silva Silveira, o presidente do conselho federal Dr. Walter da Silva Jorge João, o conselheiro federal, Dr. Fernando Bacelar Lobato e a conselheira federal suplente do CRF-SP, Dra. Margarete Akemi Kishi.

“Mais uma vez honrada em fazer a abertura deste Simpósio que já está consagrado em nosso calendário de eventos. E mais feliz em ver que tantos acadêmicos e profissionais que estão aqui buscando novos conhecimentos por meio de palestras e minicursos tão significantes para nossa carreira profissional, espero que todos desfrutem esses três dias de evento” enfatizou a presidente do CRF-MA, Dra. Maria José Luna em sua fala na abertura do III Simpósio Sul Maranhense de Ciências Farmacêuticas.

A conferência magna foi proferida pelo presidente do Conselho Federal de Farmácia, Dr. Walter da Silva Jorge João que interagiu diretamente com os participantes e esclarecendo sobre o Consultório Farmacêutico.

Foi um prazer imensurável poder mostrar aos demais colegas farmacêuticos de Imperatriz, presentes à palestra magna, que a nova realidade da Farmácia brasileira também já se materializou aqui. Parabéns à Diretoria do CRF-MA, ao conselheiro federal Fernando Bacelar Lobato que, com iniciativas como a deste simpósio, estão disseminando o nosso sonho de ver o farmacêutico ocupando o seu lugar como profissional da saúde. É preciso frisar que eles têm feito isso com louvor, ao realizar um evento acessível. Com a ajuda de uma tradutora de libras, todos os presentes puderam acompanhar a solenidade e a palestra” frisou o presidente do Conselho Federal de Farmácia,Dr. Walter Jorge João.

O III Simpósio Sul Maranhense de Ciências Farmacêuticas está sendo realizado pelo Conselho Regional de Farmácia do Estado do Maranhão (CRF-MA), e Conselho Federal de Farmácia (CFF).

O Conselho Regional de Farmácia do Estado do Maranhão (CRF-MA) realizou na tarde do dia (20) no auditório do Posseidon Hotel em Imperatriz, a 3ª reunião plenária ordinária de 2017.  

Na abertura da reunião a presidente, Dra. Maria José Luna, agradeceu os farmacêuticos, acadêmicos, servidores e todos que compunham a reunião.

“Esse momento ímpar e admirável me deixa muito feliz, ter em uma plenária descentralizada uma quantidade significativa de acadêmicos e farmacêuticos da região sul é para nos deixar repletos de alegria. O objetivo da plenária descentralizada é de aproximar os acadêmicos das atividades da entidade e apresentar um relatório das ações realizadas” ressaltou a presidente do CRF-MA.

Estiveram presentes na reunião plenária os Diretores do CRF-MA, Dra. Maria José Luna, Dr. Edson Belfort, Dr. Luiz Mário Silveira, os conselheiros regionais, Dr. Fábio Nascimento, Dr. Eliabe Aguiar, Dra. Gizelli Coutinho, o conselheiro federal pelo Maranhão, Dr. Fernando Bacelar Lobato que representou o presidente do conselho federal, Dr. Walter Jorge João.

Inicialmente foram feitas a verificação do quórum e as justificativas de ausência dos membros do conselho. Seguindo a ordem da pauta também foram feitas as comunicações, o conselheiro Dr. Fábio Nascimento destacou o encontro municipal de farmacêuticos realizado em Imperatriz, a conselheira Dra. Gizelli Coutinho enfatizou a realização da Jornada Acadêmica de Farmácia (JAFAR), a realização da ação social em saúde - Mobilização do Uso Racional de Medicamento, e concluiu sua fala enfatizando com a participação da Comissão de Ensino na audiência pública sobre as diretrizes curriculares nacionais dos cursos de graduação em Farmácia que foi realizada pelo Conselho Nacional de Educação em Brasília.

Em seguida os membros do plenário aprovaram as portarias de nomeação das Comissões Assessoras do CRF-MA. Logo após, foi lido e colocado para aprovação em plenário o parecer da comissão de tomadas de contas referente ao balancete do 1º trimestre de 2017. Após leitura conclusiva do parecer da comissão, o balancete foi aprovado pelos membros da plenária e também aprovados o parecer de inscrições remidas.

E por fim, os processos administrativos de registro de estabelecimentos, registro de contratações, registro de farmacêuticos (as) com inscrições provisórias e definitivas; e os processos administrativos fiscais foram aprovados pelos membros que fizeram parte da reunião plenária.



Terça, 11 Abril 2017 19:34

FERIADO - EXPEDIENTE DO CRF-MA

Escrito por

 

O Conselho Regional de Farmácia do Estado do Maranhão (CRF-MA) informa que nos dias 13 e 14 de abril (quinta e sexta-feiras) não haverá expediente na sede, em São Luís, e nas seccionais de Imperatriz e Balsas, devido ao feriado da Páscoa.

 

Retornaremos às nossas atividades na segunda-feira (17/04).

 

 

A DIRETORIA.

O Conselho Federal de Farmácia (CFF), em parceria com a Fundação Brasileira de Ciências Farmacêuticas (FBCF) e a Sociedade Brasileira de Farmacêuticos e Farmácias Comunitárias (SBFFC), oferecerá um projeto consultoria para farmácias cujo proprietário é farmacêutico. O projeto “Implantação de um novo modelo de gestão para farmácias de farmacêuticos - Excelência Farmacêutica Avançada” tem carga horária total de 96 horas, distribuídas em 6 módulos. Serão selecionadas nove cidades polos, com 18 farmácias cada região, num total de 162 estabelecimentos em todo o país. As inscrições vão de 1º a 30 de abril.

A coordenação geral do projeto é do vice-presidente do CFF, Dr. Valmir de Santi. Ele explica que a proposta é capacitar farmacêuticos para gerir o seu próprio negócio de forma eficiente, já que a Lei Federal nº 13021/2014 transformou a farmácia em estabelecimento de saúde. “A farmácia atual tornou-se unidade de prestação de serviços destinada a assistência farmacêutica, assistência à saúde e orientação sanitária individual e coletiva, e precisa ser administrada com técnicas de gestão profissional para obter resultados positivos, tornar-se competitiva, saudável financeiramente, e se fixar no mercado”.

O presidente do CFF, Dr. Walter Jorge João, lembra que há anos as entidades representativas da profissão vêm lutando para fortalecer e ampliar o conceito da farmácia com forte atuação clínica e alicerçada na prestação de serviços à população. “Esse objetivo é um anseio antigo de toda a categoria e começou a tornar-se realidade com a publicação da Resolução/CFF nº 585/2013, que regulamenta as atribuições clínicas do farmacêutico, e da Resolução/CFF nº 586/2013, que regula a prescrição farmacêutica”.

Essa importante conquista da profissão farmacêutica vem, a cada dia, demonstrando resultados palpáveis. Mas, por outro lado, o setor vivencia um mercado cada vez mais competitivo e carente de diferenciais que ofereçam aos clientes uma nova experiência em farmácia. Por isso, o conteúdo programático foi desenvolvido para obter resultados como: o fortalecimento das farmácias participantes; farmacêuticos capacitados para a gestão administrativa; aumento da oferta de serviços farmacêuticos; e farmácias com gestão moderna e sustentável diante do mercado.

O Grupo de Trabalho sobre Farmácia Comunitária/CFF é o responsável pela avaliação e publicação dos resultados. De acordo com o coordenador do GT, Dr. Amilson Álvares, o conteúdo foi desenvolvido de forma a organizar o controle financeiro da farmácia e estimular a transformação dela em estabelecimento de saúde, com a implantação do consultório farmacêutico. “Iremos estimular a prestação de serviços farmacêuticos, procedimentos e atos que venham a criar um diferencial entre a farmácia comercial e os estabelecimentos de propriedade de profissionais de saúde que somos, tendo como requisito básico o cuidado com a saúde da população”.

Como se inscrever

• Individualmente - cada interessado deve procurar o Conselho Regional de Farmácia (CRF) ou uma entidade de classe parceira e preencher a ficha de inscrição.

• Em grupo – cada grupo interessado deve procurar o Conselho Regional de Farmácia (CRF) ou uma entidade de classe parceira e preencher a ficha de inscrição.

Os conselhos regionais e entidades de classe organizarão grupos com 18 empresas para cada região. As inscrições serão encaminhadas ao CFF, o qual fará a triagem das empresas aptas a compor os grupos. As empresas selecionadas firmarão um contrato de participação no projeto.

Investimento

Inscrição de R$1.500 à vista ou dividido em 5 parcelas de R$300 - para execução e gerenciamento pela Fundação Brasileira de Ciências Farmacêuticas (FBCF) e pela Sociedade Brasileira de Farmacêuticos e Farmácias Comunitárias (SBFFC).

Links

Mais informações sobre o projeto Excelência Farmacêutica Avançada

Modelo de Termo de Compromisso

Ficha de Inscrição



 

Fonte: Comunicação CFF

 

 

O Conselho Federal de Farmácia (CFF) participou de audiência pública, promovida pelo Conselho Nacional de Educação (CNE), nesta segunda-feira, dia 3 de abril, sobre as Diretrizes Curriculares Nacionais do curso de Graduação em Farmácia (DCNs). A audiência começou às 15 horas, na sede do CNE, em Brasília, e contou com a presença da Diretoria da Associação Brasileira de Educação Farmacêutica (ABEF), farmacêuticos, discentes, conselheiros regionais e federais de Farmácia ligados à educação, professores diretores de cursos de Farmácia de todo o país e representantes de sociedades e associações profissionais farmacêuticas.

O CRF-MA participou da audiência pública e foi representado pela presidente do CRF-MA, Dra. Maria José Luna, também estiveram presentes a presidente da comissão de ensino do CRF-MA, Dra. Gizelli Coutinho, o presidente da comissão parlamentar do CRF-MA e membro da Comissão de Ensino do CFF, Dr. Luiz Fernando Ramos, presidente da comissão de assistência farmacêutica, Dra. Maria Helena Seabra e a coordenadora do NEP do CRF-MA, Dra. Luciana Freitas.

"É de extrema importância a participação do CRF-MA nesse encontro promovido pelo Conselho Nacional de Educação (CNE), pois é uma excelente oportunidade de discutir com as diferentes esferas e também obter uma definição coerente aos princípios, fundamentos e procedimentos da graduação na modalidade presencial.” destacou a presidente do CRF-MA, Dra. Maria José Luna.

A sessão foi coordenada pelo conselheiro do CNE, Luiz Roberto Curi, que destacou a seriedade e a imparcialidade com que foram conduzidas as discussões sobre as DCNs. Em seguida, Curi passou a palavra ao presidente do CFF, Walter Jorge João.

O dirigente do CFF destacou que a elaboração das diretrizes transcorreu da forma mais democrática possível com a parceria da ABEF, em busca de uma nova formação para a profissão. “Reunimos e ouvimos as comissões de ensino de todos os conselhos regionais de Farmácia (CRFs), representantes regionais da ABEF, envolvemos os coordenadores de cursos e a executiva nacional de estudantes de Farmácia, bem como nossa Comissão de Ensino Farmacêutico (Comensino/CFF) e a Comissão Assessora de Educação Farmacêutica (Caef/CFF)”.

As contribuições de todos esses atores foram debatidas durante o I Encontro Nacional de Educadores em Farmácia Clínica, realizado em maio de 2015, em Gramado (RS), e no I Fórum Nacional de Discussão sobre as Diretrizes Curriculares Nacionais do Curso de Graduação em Farmácia, que ocorreu simultaneamente ao Congresso Brasileiro de Educação Farmacêutica (Cobef), em junho daquele mesmo ano, em Salvador (BA).

Walter Jorge João parabenizou os membros do CNE por terem mantido a maioria dos conteúdos propostos pelo CFF/Abef. Mas, embora tenha afirmado estar satisfeito com o acolhimento da proposta pelo CNE, o dirigente apresentou duas ressalvas: a necessidade de que os cursos de graduação sejam na modalidade presencial e a questão da carga horária mínima de cinco mil horas para a formação em Farmácia. Aliás, esses dois pontos, também, foram destacados pela maioria dos presentes, ao defender suas propostas.

Cerca de 80 participantes se inscreveram para fazer contribuições à proposta das diretrizes, entre eles, o professor Gerson Pianetti, na condição de representante do CFF, e a professora Ester Dalla Costa, integrante da Diretoria da ABEF.

Luiz Roberto Curi destacou que as diretrizes curriculares não são o documento ideal para compor o formato dos cursos, e, sim, decretos que estabelecem limites regulatórios para essas questões.

O relator da audiência, conselheiro do CNE, Yugo Okida, ressaltou que a entidade irá avaliar as sugestões recebidas, tanto presencialmente como pela internet, e destacou que todas as contribuições devem estar de acordo com a legislação vigente. “Tudo será avaliado e analisado de acordo com a legislação vigente e os resultados serão apresentados na Reunião Geral do CNE, que será realizada em junho, em Manaus (AM). Em seguida, será encaminhada para a homologação do Ministro da Educação”, encerrou.

 

 

Fonte: Comunicação do CFF

 

 

O minicurso tratará de Cuidados Farmacêuticos aos Pacientes Portadores de Diabetes com abordagem na orientação e educação na farmacoterapia e complicações ocasionada pela patologia bem como a monitorização e pratica de insulinização.

 

 

 

O minicurso abordará a definição de protocolos, condutas nos casos decorrentes e acompanhamento de evolução das terapias.

Pagina 2 de 26

Eventos e Cursos

       1-simposio-de-farmacia-hospitalar

Sede CRFMA

Rua Faveiros, Quadra. B, número 7 - São Francisco São Luís - MA CEP: 65075-270.

Fone:
(+55 98) 2107-3850/2107-3851
Fax:(+55 98) 2107-3852

Atendimento ao público:
Segunda à sexta das 9h às 17h.

Seccional Imperatriz

Avenida Dorgival Pinheiro de Sousa, n. 1163, sala 01 – Centro Imperatriz – MA CEP: 65903-279.

Fone/Fax:
(+55 99) 3221-8981 e 3221-8989

Atendimento ao público: 
Segunda à sexta 8h às 12h e das 14h às 18h.

Seccional Balsas

Av. Catulo, n. 170 Equatorial Shopping Center, 2º Piso - Sala 17, Balsas-MA CEP: 65800-000.

Fone:
(+55 99) 3541 3891

Atendimento ao público: 
Segunda à sexta das 14h às 18h.

Twitter Twitter

 

Facebook Facebook

 

RSS RSS

 

YouTube YouTube